No Banner to display

Sandra Marrocos x Sandra Marrocos

– “Pouco diálogo, tomada de decisões importantes para a nossa história passam a se dar de maneira cada vez mais centralizadora e excludente. Nossas diferenças internas passam a ser cada vez mais publicizadas, companheiros valorosos não se empenham na nossa campanha, inclusive se dedicando à candidatura opositora a nossa”.

* Sandra Marrocos em 2013

 

– “Não tem lógica nenhuma questionar o ex-governador Ricardo Coutinho”.

*Sandra Marrocos em 2019

 

­- “O que Sandra Marrocos quer é respeito, o que Sandra Marrocos quer é que esse grupo seja ouvido, o que Sandra Marrocos quer é que o companheiro Ricardo Coutinho volte a ouvir as pessoas que ele ouvia antigamente, que ele dialogue, que ele converse. Eu não estou rompendo com ele, apenas afirmo que não aceito mais a falta de diálogo dele, em hipótese alguma”.

*Sandra Marrocos em 2013

 

– “Seria o maior ato de ingratidão da história politica da Paraíba. João Azevêdo nunca foi candidato a vereador, vira governador e acha que ele [Ricardo] não tem legitimidade?”.

*Sandra Marrocos em 2019

 

– “Ricardo é governador hoje porque esse povo que aqui está e tantos outros trabalharam por isso”.

*Sandra Marrocos em 2013

 

– “Foi Ricardo que elegeu e deu existência (a João)”.

*Sandra Marrocos em 2019

 

 

– “É um sentimento de desrespeito com esse grupo. Eu não tenho problema de externar as coisas, mas, esticaram a corda demais e quando acontece isso ela quebra, e quebrou.

*Sandra Marrocos em 2013

 

– “Ele tem história e grandeza”.

*Sandra Marrocos em 2019

 

– “Sinceramente eu fico meditando e pensando o que foi que fez o companheiro Ricardo mudar, eu, sinceramente, não entendo. Porque na hora do ‘pega pra capar’, do ‘vamo vê’ é com o mesmo povo que ele conta, o de sempre. Quando as campanhas iniciam é esse povo que está lá e tantos outros”.

*Sandra Marrocos em 2013

 

– “Ricardo Coutinho não teve um papel importante, teve um papel fundamental pra eleição e pra vitória de João Azevêdo”.

*Sandra Marrocos em 2019

 

Qual das duas está com a razão?

 

Em 2013, Sandra Marrocos esqueceu a mágoa de Ricardo e retirou o que disse depois de ser agraciada com um cargo no primeiro escalão do governo. Ele havia recusado a secretaria executiva da Mulher e da Diversidade Humana.

 

Em 2019, Sandra está de saída do PSB, mas acha (ao contrário de 2013), que a as decisões do ex-governador Ricardo Coutinho não devem ser questionadas.

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário