No Banner to display

Policia prende suspeito e deixa dois moradores feridos durante ação no Bairro dos Novais

Na tarde deste sábado (9), polícias militares da força tática do 1° Batalhão de Polícia Militar, realizaram uma incursão que terminou com duas pessoas feridas e uma pressa, na comunidade ‘Bola na rede’, no bairro dos Novais, em João Pessoa.

De acordo com a (PM), eles estavam realizando rondas de rotina, quando visualizaram um homem em atitude suspeita, foi feita a abordagem o suspeito de arremessar uma arma de fogo para dentro de um terreno. Moradores da comunidade presenciaram  toda a ação, e tentaram impedir a prisão do homem.

Houve um confronto entre policiais e alguns moradores mais exaltados, para conter a Policia Militar teve que usar da força necessária, efetuando alguns disparos com bala de borracha poder manter a ordem.

Alguns moradores fizeram vídeos, relatando que houve abuso por parte da polícia, que atingiu duas das pessoas da comunidade.

Nos vídeos é possível vê vários populares revoltados, por conta da ação da Polícia Militar, eles dizem também que sempre que a PM chega na localidade os tratam desta forma violenta.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por C A B U L O S O (@cabulosopb) em


“O boy é trabalhador, o boy que foi atingido pela ‘bala é tudo pai de família isso tá certo policial? Isso tá certo autoridade? As mulheres todas aqui com as crianças no braço, isso tá certo?

Isso tá errado por isso que eles preferem os vagabundos do que a própria Polícia”, os polícias vindo na comunidade a tirando e espancado isso tá certo? Pegou aqui no morador num senhor um tiro é no outro ali”. Disse o popular!

Em contato com o comandante da Companhia responsável pelo policiamento naquela região.“Ele nos informou que tomou conhecimento do fato, porém como se tratava de um trabalho que foi feito por policiais da força tática, os quais não são pertencentes àquela Companhia, ele apenas confirmou que de fato houve uma abordagem feita pelos táticos, que combinou com uma reação inesperada por parte de alguns populares que tentaram intervir no trabalho da (PM), que teve que reagir e continuar com o trabalho”. Relatou o Ten. Borges.

O suspeito foi preso e levado para a Central de Flagrantes, no bairro do Geisel em João Pessoa.

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário