Prefeitura de Sapé amplia ações de combate ao Covid-19 com limpeza de prédios públicos e privados

A prefeitura municipal de Sapé iniciou essa semana a limpeza de todos os prédios públicos e privados da cidade para ampliar as ações de combate à propagação do Coronavírus na cidade, que já tem três casos suspeitos investigados.

Pelo menos 50 pessoas estão empenhadas em realizar a operação. Além dos prédios públicos, ruas, praças e estabelecimentos privados, a exemplo de bancos, também estão sendo alcançados pela iniciativa do prefeito Roberto Feliciano (PSB).

Segundo ele, a gestão está fazendo sua parte, basta agora a população também obedecer às recomendações do Ministério da Saúde, fazendo a higienização adequada e, acima de tudo, ficando em casa para evitar aglomerações e assim se prevenir do contágio.

“A prefeitura está fazendo a parte dela e é fundamental a população colaborar também, ficando em casa, obedecendo às recomendações do Ministério da Saúde, adotando os métodos adequados de higiene para que possamos vencer esta epidemia. A gestão parte na frente com essa limpeza em todos os estabelecimentos para minimizar os efeitos desse vírus tão letal para sociedade, não apenas brasileira, mas de proporções mundiais”, disse.

No dia 17 de março a prefeitura emitiu um decreto com as primeiras medidas de prevenção no combate ao Covid-19 que vêm sendo ampliadas gradativamente de acordo com a necessidade, podendo ser revistas de acordo com a situação epidemiológica.

– Os estabelecimentos de ensino público e privados do município de Sapé deverão suspender as aulas de 18 de março de 2020 a 19 de abril de 2020, podendo esse prazo ser estendido ou antecipado mediante posterior orientação;

– Locais de maior circulação de pessoas, tais como mercado público, indústria e comércio em geral devem reforçar medidas de higienização de superfície e disponibilizar álcool gel 70% em local sinalizado;

– Eventos com aglomeração de pessoas com público estimado igual ou acima de 100 pessoas para espaços abertos e 50 pessoas para espaços fechados devem ser cancelados ou adiados;

– Reuniões que envolvam população de alto risco para doença severa pelo COVID-19, como idosos e pacientes com doenças crônicas, devem ser canceladas;

– Os serviços de alimentação, como restaurantes, lanchonetes e bares, deverão adotar medidas de prevenção para conter a disseminação da COVID-19, tais como: disponibilizar álcool gel 70% na entrada do estabelecimento para uso dos clientes e aumentar a frequência de higienização de superfícies;

– Fica suspenso o gozo de férias dos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde até 30 de maio de 2020.

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário