No Banner to display

Princesa do tráfico é presa de novo e pode estar envolvida com homicídio

Karine de Sousa Taveira. Uma jovem que poderia ser tudo que ela quisesse, mas preferiu ir pelo caminho dos crimes. Com 17 passagens criminais, ela foi presa mais uma vez, só que agora se complicou um pouco mais do que antes e, segundo a Polícia Civil, pode estar envolvida num homicídio.

Nas redes sociais, Karine exibe a beleza, mas também demonstra ser uma pessoa que não gosta muito das coisas certas. Em algumas publicações ela critica policiais, em outra diz que conseguiria seis celulares se “trombasse” com homens que aparecem numa foto. Em uma publicação até fez uma brincadeira sobre as cartas que chegam do fórum criminal.

Por causa do histórico da jovem, fomos mais a fundo. Queríamos saber quem era a Karine que resolveu entrar no mundo do crime e descobrimos que a primeira vez que ela foi presa foi em 2017. Durante a audiência, chegou a ouvir do promotor de justiça que ela tinha duas escolhas: continuar na vida errada ou levar aquilo como um aprendizado e seguir o caminho certo.

Ela não quis seguir por outro caminho e não demorou muito para ser presa novamente. Dessa vez, em um hotel, no Centro de Curitiba, onde, além do tráfico de drogas, fazia programas. Não só ela. A própria jovem diz que eram várias meninas.

Na mesma audiência, nessa outra vez que foi presa, o promotor, mais uma vez alertou sobre o que ela estava fazendo com a própria vida. Apesar disso, o segundo alerta também não adiantou e aí é que surge a princesa do tráfico.

Pelas redes sociais, ela divulgava onde estava, normalmente em lugares com grande aglomeração de pessoas onde era possível cometer crimes sem chamar muito a atenção. Mesmo com uma filha pequena, Karine foi presa novamente.

Pai lamenta ver a filha envolvida com crimes

Por telefone, o pai de Karine aceitou conversar com a nossa equipe. As palavras são de alguém que fez de tudo para que a filha não entrasse nas drogas e nos crimes, mas também de alguém que sente que, em algum momento fracassou.

Quando perguntado sobre a filha que a jovem tem, o pai afirma que é ele quem cuida e que ninguém vai tirar a neta dele. Segundo o pai da jovem, a filha dela escolheu outro caminho para seguir, mas quer cuidar da neta para não ter o mesmo futuro da mãe.

Questionado sobre o histórico de Karine, sobre o que a levou para o caminho errado, o pai conta que ela morou com o bisavô, mas nunca quis seguir regras. Ultimamente, pouco via a filha, pois, ela sumia por duas, três semanas. Como todo pai, ele disse que ainda espera que a filha vá para o caminho do bem e largue a vida que a colocou tantas e tantas vezes atrás das grades.

Princesa do tráfico se complicou ainda mais

Com muitas passagens criminais, Karine era conhecida por venda de drogas, só que agora, não se trata mais só de tráfico. Ela é apontada por ter participação num homicídio, o que a levou mais uma vez para a prisão.

Dessa última prisão, a polícia continua investigando os crimes e, enquanto isso, Karine terá um bom tempo para repensar o que quer e o que está fazendo a família passar, já que, talvez, nem a filha a reconheça como mãe mais.

Diário da Paraíba com RicMais

Compartilhe:

No Banner to display