No Banner to display

Autor de disparos que mataram suspeito de assalto em João Pessoa é sargento da PM

O homem que reagiu a um assalto e acabou matando um dos suspeitos na manhã desta quinta-feira (11), na principal avenida de acesso ao bairro do Esplanada, em João Pessoa, é policial militar.

O sargento lotado no 1º Batalhão apresentou-se à Polícia Civil, foi ouvido pelo delegado plantonista, que recolheu a arma de fogo para realizar perícia. O assalto foi praticado por dois suspeitos, em uma parada de ônibus. Durante a ação dos bandidos, o policial reagiu e um suspeito foi morto. O outro, que teria sido baleado, conseguiu fugir.

De acordo com testemunhas, a dupla chegou no ponto de ônibus em uma moto para realizar um arrastão. Eles conseguiram roubar a bolsa de uma mulher e outros pertences das vítimas que estavam no local. O policial que estava na parada de ônibus, que estava armado, reagiu e houve uma troca de tiros.

Kássio Douglas Alves dos Santos, de 18 anos, que estava pilotando a moto, foi atingido com um tiro nas costas e outro no pé. Ele morreu no local. Já o outro suspeito, conhecido como Júnior Nicássio, que é primo do jovem que morreu, escapou mesmo baleado. Os dois suspeitos são moradores da comunidade Bom Samaritano, localizada no bairro do Cristo.

De acordo com o delegado de Homicídios Hugo Helder, o policial alegou legítima defesa própria e de terceiros, além do estrito cumprimento do dever legal. “Porque, como ele é um policial e estava vendo o assalto, ele é obrigado a agir, aí são duas defesas, excludentes de ilicitude”, explicou o delegado.

Com Clickpb

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário