Câmara quer que ministro explique censura à imagem de Marielle em matéria gravada na Paraíba

A Câmara pediu que o ministro de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, dê explicações sobre a censura da Empresa Brasil de Comunicação à imagem da vereadora Marielle Franco, que foi veiculada em uma reportagem produzida em João Pessoa, no Espaço Cultural. O Portal ClickPB denunciou o caso com exclusividade em uma matéria veiculada assim que foi identificada a censura  (ver aqui). O requerimento foi apresentado pelas deputadas Luiza Erundina e Sâmia Bomfim, do PSOL de São Paulo.

No último dia 12, a coluna mostrou que a EBC censurou a imagem da vereadora na TV Brasil, durante uma série sobre o centenário de Jackson do Pandeiro, que foi ao ar no Antenize, da TV Brasil, em 31 de agosto e teve um dos trechos em que aparece um cordel com a imagem de Marielle Franco retirado.Assista ao vídeo com o antes e depois do corte.

O Ministério Público no Tribunal de Contas pediu que o tribunal investigue o caso, e a oposição fez uma representação à Procuradoria-Geral da República .

Nesta quarta-feira, a Comissão de Ciência e Tecnologia aprovou um convite a Ramos, que é o ministro responsável pela estatal. Nesses casos, a autoridade não é obrigada a ir à Câmara.

A vereadora Marielle Franco e seu motorista foram assassinados em 2017, no Rio de Janeiro. As investigações já contou até com troca de delegado, e se arrastam até hoje sem a identificação do mandante e dos autores do crime.

Marielle era uma das vereadoras mais bem votadas da cidade, com liderança dentro do movimento negro, nas favelas e comunidade LGBT.

Clickpb

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário