Circuito Som nas Pedras movimenta Princesa Isabel, no Sertão paraibano

A cidade de Princesa Isabel, distante a 413 quilômetros de João Pessoa, recebe neste sábado (5), a quinta etapa do projeto ‘Circuito Som nas Pedras’. O local escolhido para sediar a programação cultural é a Pedra do Guiné, no Sítio Laje, zona rural da cidade do sertão paraibano.

Estão confirmadas, a partir das 17h, apresentações de grupos culturais (Abolição, Sound Clash, Careta Cuia, Raízes e Nova Geração), show pirotécnico, feira de artesanato, polo gastronômico e forró pé-de-serra. Para facilitar o acesso dos turistas e moradores à Pedra do Guiné, a prefeitura realizou melhorias na estrada e no entorno do local do evento.

O diretor de Cultura, Turismo e Eventos da prefeitura de Princesa Isabel, Lucinaldo Feitosa Ventura, informou que estão previstas as apresentações do Grupo Groove da Gota, Orquestra Sinfônica de Itaporanga e do Prima.

O projeto ‘Som nas Pedras’ conta com apoio de agentes culturais e a parceria das prefeituras municipais com o governo da Paraíba e as Secretarias de Estado da Cultura, Turismo e a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), com apoio da Empresa Paraibana de Comunicação (EPC) e Sebrae, além da iniciativa privada.

Na avaliação de todos os prefeitos envolvidos na organização do projeto, o ‘Circuito Som nas Pedras’ é um projeto que fortalece o turismo cultural na Paraíba onde o grande palco é a natureza.

O ‘Som nas Pedras’ surgiu em 2016, a partir de uma ideia da ‘Rota Cariri Cultural’, com a implantação da Rota na cidade de Monteiro, articulada pelo Sebrae Paraíba, a prefeitura da cidade e empreendedores locais na Pedra dos Índios. A coordenação do projeto, na época, era da produtora cultural Josivane Caiano, que cedeu a utilização do nome e da realização do evento ao governo paraibano.

Diário da Paraíba com Secom-PB

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário