Dólar dispara mais de 1% após ataque dos EUA matar oficial iraniano

São Paulo — O dólar tinha alta acentuada de cerca de 1% contra o real nesta sexta-feira, chegando a superar 4,07 reais, acompanhando a força da moeda norte-americana no exterior após um ataque dos Estados Unidos matar um alto oficial iraniano e agravar as tensões geopolíticas no Oriente Médio.

Qassem Soleimani, comandante da força de elite iraniana Quds e considerado a segunda figura mais poderosa do Irã, morreu em um ataque aéreo dos EUA contra Bagdá, autorizado pelo presidente norte-americano, Donald Trump.

O Irã, que vive um prolongado conflito com os Estados Unidos, prometeu vingança severa em retaliação ao ataque.

“Esse evento gerou uma mudança do clima, que estava positivo nos últimos dias. Agora, os possíveis desdobramentos são pouco claros, o que, no curto prazo, gera uma aversão a risco”, explicou Silvio Campos Neto, economista da Tendências Consultoria.

“As divisas emergentes acabam sentindo bastante esse episódio, porque os investidores estão correndo para a segurança: dólar e Treauries”, completou.

Diário da Paraíba com Exame

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário