Funcionários dos Correios entram em greve por tempo indeterminado

Os funcionários dos Correios anunciaram nesta quarta-feira (11) uma greve geral por tempo indeterminado. A decisão foi tomada por assembleia em diversos pontos do país na noite da terça-feira (10).

Em sua grande maioria eleitores do hoje presidente Jair Bolsonaro (PSL), atualmente se colocam contrários ao projeto de privatização dos Correios, defendido pelo mandatário do Planalto. Além de terem participado das manifestações que levaram à retirada de Dilma Rousseff (PT) da Presidência da República, os servidores dos Correios fizeram abertamente campanha contra o ex-presidente Lula e à candidatura de Fernando Haddad, ambos do PT, nas eleições do ano passado.

Os grevistas também reivindicam reajuste salarial, manutenção de benefícios, como a permanência de pais e mães no plano de saúde e coparticipação, além de continuidade de percentual de férias e vales alimentação e refeição.

De acordo com a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios, todos os estados aderiram à greve, inclusive a Paraíba. Pelo Twitter, os Correios garantem que a paralisação não afetará a população.

Diário da Paraíba com Agência do Rádio

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário