Governo adota serviço de inteligência para identificar autores de boicote criminal nos hospitais de Trauma e promete medidas duras

 

O registro continuado de quebra sistemática de diversos equipamentos de hospitais públicos, como o Trauma de João Pessoa, com a inviabilização de tomógrafos, por exemplo, está levando a área de saúde do Governo a adotar uma série de medidas de proteção ao patrimônio público.

Uma das providências se refere ao uso da inteligência nos diversos hospitais públicos do Estado visando identificar autores e punir dentro das regras, e da lei, assegurando direito de defesa.

A abertura de inquérito administrativo sistemático é outra medida em curso porque há forte suspeita de atentado com natureza política, depois que o Governo do Estado adotou a partir de 2019 o encerramento de contratos com todas as OS’s no Estado, em face de denuncias comprovando desvios de recursos públicos em propinas.

Diário da Paraíba com Wscom

 


No Banner to display