No Banner to display

João Azevêdo defende socorro internacional no enfrentamento ao derrame de óleo

Em Brasília, o governador João Azevêdo se reuniu com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles para debater o problema das manchas de óleo cru que têm chegado ao litoral nordestino. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, transmitido pela Rádio Arapuan FM, nesta quinta-feira (24), João lamentou o que considera o maior desastre ambiental que se tem notícia em 50 anos.

“O óleo continua chegando nas praias e nós não temos nenhuma informação para saber de onde vem o óleo”, comentou o governador. Ele ainda revelou ter dito ao ministro Ricardo Salles que “se nós não temos tecnologia para enfrentar esse problema, que façamos então o pedido de socorro internacional. Mas nós não podemos permitir que todas as praias sejam atingidas”.

João Azevêdo ainda considera que “é um absurdo o que o Brasil está vivendo nesse momento”.

Para o governador, a discussão mais importante está sendo negligenciada. Atualmente o que se observa é somente o debate sobre se o óleo tem origem na Venezuela ou não. “A discussão que nós precisamos é discutir a fonte, a origem para, se ainda estiver sendo lançado no mar, a gente estancar”, considera.

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário