Mulher é barbaramente assassinado com 12 facadas e família acusa ex-marido

Uma mulher está internada em estado grave depois de levar doze facadas, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. A família acusa o ex-marido dela.

Ely Arêas, de 42 anos, está há quatro dias internada no Hospital da Posse, em Nova Iguaçu. Segundo a família, o ataque brutal foi cometido no sábado (29) pelo ex-marido, com quem tem duas filhas.

Familiares contam que a Ely estava em casa, no bairro Jardim Nova Era, no momento em que foi atacada e afirma que, após cometer o crime, o ex-marido, Pedro Silva, ligou para o irmão de Ely e confessou o crime, achando que tinha matado a ex-mulher.

“Na ligação ele diz assim ‘deu ruim, deu ruim, eu matei a Ely’”, segundo Oséas Arêas, irmão da vítima. Ele conta que Ely está com perfurações em várias partes do corpo.

Diário da Paraíba com G1

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário