Pela terceira vez, Câmara de Bayeux aceita pedido de cassação contra o prefeito Berg Lima

A Câmara Municipal de Bayeux (CMB) aceitou nesta terça-feira (29) mais um pedido de cassação contra o prefeito Berg Lima (sem partido). Desta vez, o gestor é suspeito de ter pagado indevidamente adicionais noturnos a guardas municipais. O prefeito pagou o benefício a guardas que estavam de férias e também àqueles que trabalhavam durante o dia, diz a denúncia.

O placar da votação foi de dez votos a favor e sete contra a aceitação de denúncia. Com isso, o presidente da Câmara, Jefferson Kita (PSB), deverá designar os membros da Comissão Processante para abrir os prazos legais, que devem ouvir defesa e acusação. Em seguida, o colegiado deve emitir o parecer final, que então será apreciado pelo plenário.

É o terceiro pedido de cassação contra Berg Lima. Nos outros dois, os vereadores não o tiraram do comando do Executivo municipal. O primeiro foi baseado nas denúncias do Ministério Público da Paraíba (MPPB), com relação à cobrança de suposta propina a um fornecedor local. A segunda, com base em supostas irregularidades na locação de caminhões fantasmas para o município.

Diário da Paraíba com Radar Paraíba

Contato com a Redação: empauta2010@gmail.com


No Banner to display