Polícia Civil retoma perícia em Hospital do Rio de Janeiro neste sábado

As atividades de perícia da Polícia Civil, para descobrir a causa do incêndio que atingiu o Hospital Badim, serão retomadas às 8h deste sábado (14). Um balanço final foi divulgado na tarde de sexta-feira (13) pelo diretor da unidade com 11 pessoas mortas no total.

Depois de analisar imagens do circuito interno de câmeras, a polícia já sabe que incêndio começou no gerador do Hospital Badim.

Os trabalhos deste sábado terão início no subsolo do edifício, onde justamente ficam localizado os geradores do hospital. A direção do hospital já suspeitava que o fogo tinha começado lá.

“A Direção do Hospital Badim informa que, ao que tudo indica, um curto circuito no gerador do prédio 1 do hospital provocou um incêndio, espalhando fumaça para todos os andares do prédio antigo. Todos pacientes do CTI 1 já foram retirados e estão recebendo os primeiros atendimentos na rua Arthur Menezes”, dizia a nota do hospital.

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Eboli (ICCE) atuaram no local até as 15h desta sexta-feira. Eles afirmaram que a perícia teve acesso aos geradores, no entanto as condições do local não eram adequadas. Havia muita água no subsolo e a iluminação não estava boa.

“Nós fizemos imagens, tiramos fotos no interior do hospital, mas ainda tem muito trabalho pela frente. Tem água no local e precisamos de iluminação adequada. Ainda não podemos concluir nada. Estaremos de volta no hospital pela manhã”, disse um dos peritos ouvidos pelo G1.

Um material, não identificado, foi retirado do subsolo pelos agentes da Polícia Civil. O objeto estava coberto em um plástico azul e foi levado no carro dos peritos. Ainda na sexta-feira, o Corpo de Bombeiros drenou a água do subsolo para facilitar o trabalho dos peritos.

G1


No Banner to display