Primeiro-ministro da Rússia está com novo coronavírus

Mikhail Mishustin avisou o presidente russo, Vladimir Putin, sobre o resultado do teste.

O primeiro-ministro da Rússia, Mikhail Mishustin, recebeu nesta quinta-feira (30) teste positivo para o novo coronavírus (Sars-CoV-2). Ele passa bem e avisou o presidente Vladimir Putin de que está em isolamento.

“Eu devo me isolar e seguir as instruções médicas para proteger meus colegas”, disse, em reunião virtual com Putin.

De acordo com a agência RT, Putin garantiu ao premiê que nenhuma decisão importante será tomada enquanto ele não puder trabalhar por causa da Covid-19. O presidente ainda disse que integrantes do governo estão mais suscetíveis à infecção pelo novo coronavírus porque têm contato diretos com colegas que não podem ser evitados.

“O que está acontecendo com você pode acontecer com qualquer um”, disse Putin a Mishustin.

Segundo monitoramento da Universidade Johns Hopkins, a Rússia tem mais de 106 mil casos de novo coronavírus registrados até esta quinta. O número de mortos por Covid-19 no país ultrapassou 1 mil.

Quem é Mishustin?

O primeiro-ministro foi aprovado para o cargo em janeiro por unanimidade pelo partido Rússia Unida, de Vladimir Putin. Sem um perfil político, Mikhail Mishustin foi promovido como parte de uma reforma abrangente do sistema político que levou à renúncia de Dimitri Medvedev do cargo de primeiro-ministro e de todo seu gabinete ministerial.

O partido governista Rússia Unida tem maioria na Duma. Mishustin, de 53 anos, chefiou o setor tributário, no qual foi elogiado por melhorar a coleta de impostos.

 

Diário da Paraíba com G1

Compartilhe: