Remdesivir melhora recuperação de pacientes com covid-19, diz estudo

Estudo em estágio avançado mostra que 74,4% dos pacientes que usaram o antiviral se recuperaram no 14° dia, contra 59% do tratamento padrão.

A farmacêutica Gilead Sciences informou nesta sexta-feira (10) que dados adicionais de um estudo em estágio avançado mostraram que seu medicamento antiviral Remdesivir melhorou significativamente a recuperação clínica e reduziu o risco de morte em pacientes com Covid-19. A empresa afirmou que a descoberta requer confirmação em futuros ensaios clínicos.

A Gilead acrescentou que analisou dados de 312 pacientes tratados em um estudo em estágio avançado e um grupo à parte de 818 pacientes com características e gravidade da doença semelhantes às do estudo.

Os resultados da análise mostraram que 74,4% dos pacientes tratados com remdesivir se recuperaram no décimo quarto dia, contra 59% dos pacientes que receberam tratamento padrão, informou a empresa.

A taxa de mortalidade dos pacientes tratados com remdesivir na análise foi de 7,6% no décimo quarto dia, em comparação com 12,5% entre os pacientes que não receberam o medicamento.

 

Diário da Paraíba com R7


No Banner to display