No Banner to display

Secretaria de Saúde faz campanha para incentivar doação de leite materno

No período de novembro a fevereiro é comum a baixa no estoque no Banco de Leite Zilda Arns, localizado em prédio anexo ao Instituto Cândida Vargas (ICV), em João Pessoa. Para garantir a assistência aos bebês prematuros hospitalizados na maternidade, está sendo realizada uma campanha de orientação e sensibilização para doação de leite materno e frascos de vidro para armazenar o alimento.

Em 2019, cerca de 1.200 bebês foram beneficiados com leite humano doado e pasteurizado no ICV.  Foram 600 litros consumidos pelas crianças.

O Banco de Leite atende aos bebês prematuros internos no ICV na UCIN, UTI Neonatal e Método Canguru que, muitas vezes devido a um parto prematuro ou um problema de saúde, estão impossibilitados de sugar o leite diretamente do seio da mãe. “Mas para atender as demandas da maternidade, o banco precisa da doação tanto do leite, quanto de frascos para armazenamento, pois o estoque tem se mantido abaixo do esperado desde o final do ano”, orientou a enfermeira.

“Em dezembro, há uma queda no estoque de leite da instituição, uma vez que toda doação que entra, sai automaticamente para alimentar nossos bebês. Temos uma grande demanda para garantir a assistência e, não podemos contar com imprevistos. Devido ao período de férias é esperada uma queda no número de doações no final do ano e entre os meses de janeiro e fevereiro, portanto, trabalhamos a sensibilização para atrair mais mães doadoras para manutenção do nosso estoque”, conclui.

Quem pode doar – Para ser doadora, a mulher não pode ter doença infectocontagiosa, como AIDS, Sífilis e Hepatites, entre outras, nem ter tomado medicamento de uso contínuo, como psicotrópicos.

O Banco de Leite Zilda Arns possibilita a doação em domicílio e para participar, basta ligar para o telefone 3214-1390 e fazer o cadastro, ou pessoalmente na sede do Banco de Leite, no ICV. A doadora receberá em casa um kit com os recipientes de vidro e tampa de plástico esterilizados, máscara e gorro, para coletar o leite.

Raquel Torres explica ainda que, a doação do leite é algo simples e que o leite deve ser retirado depois que o bebê mamar ou quando as mamas estiverem muito cheias. O frasco com o leite retirado deve ser armazenado no congelador ou freezer, podendo ficar ali por até 15 dias. Na próxima vez que for retirar o leite, utilize outro recipiente esterilizado.

Doação de Frascos – Além da doação de leite humano, o banco de leite municipal também solicita a doação de frascos adequados ao armazenamento de leite materno. O recipiente pode ser deixado diretamente no Banco de Leite ou nos serviços da rede municipal de saúde, como Unidades de Saúde da Família e Distritos Sanitários.

O recipiente precisa ser de vidro e com tampa de plástico, como os utilizados em embalagens de café solúvel ou maionese e, é utilizado tanto na montagem dos kits de doação do leite materno que são enviados as doadoras, como para pasteurizar os leites e armazenar o leite pasteurizado.

Serviço – O Banco de Leite possui um posto de coleta no ICV, com atendimento das 8h às 17h, de segunda à sexta-feira. No local, são disponibilizadas informações sobre os procedimentos de doação. Para mais informações a usuária pode ligar no: 3214-1390.

O Instituto Cândida Vargas está localizado na Avenida Coremas, no bairro de Jaguaribe.

Alimento completo – o leite materno é o alimento mais completo para o bebê. Rico em água, proteínas, lipídios, glicídios, vitaminas e minerais, é perfeito para o recém-nascido, pois contém todos os nutrientes necessários ao bebê nos primeiros meses de vida para um desenvolvimento saudável.

Como nem todas as mães conseguem produzir o leite necessário para o recém nascido, a rede municipal de saúde conta com o Banco de Leite, que além da execução das atividades de coleta, processamento e controle de qualidade do leite produzido nos primeiros dias após o parto (o colostro), também orientam as mães sobre os benefícios e importância amamentação.

Secom-JP

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário