No Banner to display

Tarde demais: prefeitura tenta “restaurar” escultura destruída de Jackson do Pandeiro

Somente após oito dias do Diário da Paraíba (DP) ter divulgado que vândalos haviam destruído a escultura de Jackson do Pandeiro instalada na Praça Rio Branco, no Centro da capital paraibana, foi que a Prefeitura de João Pessoa (PMJP) tomou alguma iniciativa para tentar reverter a situação.

Contatos com a redação do DP informam que o que restou do monumento em homenagem ao “Rei do Ritmo” foi recolhido pela prefeitura pessoense. Porém, não antes dos “ladrões” terem levado mais uma parte do monumento: a perna esquerda de Jackson que ficava apoiada em cima de um banco que já tinha desaparecido da primeira vez. A perna da escultura já estava cortada. Os “vândalos-ladrões” só terminaram de executar o serviço.

De acordo com que foi informado, a prefeitura promete colocar no local um novo monumento, só que desta vez em ferro fundido, o que não seria atrativo aos vândalos. A versão em bronze deverá ser refeita e colocada na área da Lagoa do Parque Solon de Lucena, com mais iluminação e visibilidade e, assim, teoricamente inibindo a ação de ladrões e de depredações.

A inauguração da escultura em homenagem a Jackson do Pandeiro ocorreu no dia 31 de agosto de 2012, data em que o artista homenageado estaria completando 93 anos de idade. A obra é de autoria do artista plástico Jurandir Maciel.

Leia clicando aqui a primeira matéria sobre a destruição do monumento.

Diário da Paraíba – Foto: Geovani Rezende

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário