No Banner to display

Tensão no Irã: Bolsonaro convoca reunião para discutir alta do combustível

Com a escalada de conflito no Irã, região que detém uma das maiores fontes de Petróleo do mundo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) vai discutir uma possível alta no preço do combustível com a equipe econômica, nesta segunda-feira (6). A reunião, marcada para às 16h, será comandada pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Anteriormente, Bolsonaro sugeriu apelar para que governadores reduzam a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), caso a possibilidade de alta no preço do combustível no país se concretize.

Sem interferir na política de preços da Petrobras, a ideia do presidente é minimizar o impacto do aumento do petróleo no bolso da população.

Em outubro, quando a gasolina estava a R$ 4,39, 28% do preço final do consumidor era composto de tributos estaduais. Ou seja, R$ 1,24 era do ICMS, segundo dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Diário da Paraíba com Wscom

 

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário