Vídeo: presidente do Chile rechaça Bolsonaro que defende golpe, tortura e assassinatos

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, rejeitou nesta quarta-feira (4) a alusão feita pelo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro (PSL), sobre o pai da ex-presidente chilena e alta comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ONU), Michelle Bachelet, morto por tortura durante a ditadura de Augusto Pinochet.

Um dos principais aliados regionais do brasileiro, ele disse,  em comunicado público no palácio do governo, que “é de conhecimento público seu compromisso permanente com a democracia, a liberdade e os direitos humanos em todos os lugares e circunstâncias. Em consequência, não compartilho a alusão feita pelo presidente Bolsonaro a uma ex-presidente do Chile e, especialmente, num assunto tão doloroso quanto a morte de seu pai”, afirmou no pronunciamento.

Assista ao vídeo aqui.

Diário da Paraíba

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário