No Banner to display

Corais de onze estados participam do Festival Paraibano de Coros em João Pessoa

Sessenta e dois corais dos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte, São Paulo e Sergipe vão soltar a voz no ‘XVII Festival Paraibano de Coros – Fepac 2019’ que ocorre entre os dias 25 e 30 deste mês, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira da Fundação Espaço Cultural, em João Pessoa, sempre a partir das 18h. A entrada será um quilo de alimento não perecível para ajudar na ‘Campanha Natal Sem Fome’.

Paralelo ao festival, o Fepac vai proporcionar mais dois encontros. Na sexta-feira (29), a partir das 15h, será realizado o ‘7ª Encontro de Corais da Associação dos Docentes da Universidade Federal da Paraíba – Aduf-PB’, reunindo seis corais dos estados da Paraíba, Pará, Paraná, Pernambuco e São Paulo.

Já no sábado (30), também a partir das 15h, haverá o ‘1º Encontro da Usina Cultural Energisa’, reunindo mais cinco grupos representando os estados da Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Salvador, e o município de Ingá, no interior paraibano, vai receber dois corais dentro do Fepac, um grupo de João Pessoa e outro da cidade de Cuiabá (MT).

Algumas empresas também realizam apresentações paralelas em João Pessoa, a exemplo  da Empresa Coteminas, Colégio Marista Pio X, Sicredi-Creduni e a Clínica Nova Diagnóstico Por Imagem. “É o Fepac por todos os cantos, fazendo com que o canto coral se propague e se valorize como um equipamento importante para socialização das pessoas”, ressalta o coordenador-geral do Fepac, maestro Eduardo Nóbrega, afirmando ainda que este ano o festival estará trazendo para João Pessoa o vice-presidente para a América Latina e Caribe da International Federation for Choral Music (IFCM), Cristian Grases, e o maestro da Unirio, Eduardo Lakschevitz para proferir palestras com regentes dos corais brasileiros sobre o desenvolvimento da música coral no mundo atual, apresentando tendências de performance e repertório, dificuldades encontradas e soluções sendo propostas.

O festival é uma realização do governo do estado, por meio da Fundação Espaço Cultural em conjunto com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a Empresa Coteminas. O apoio cultural é da Clínica Nova Diagnóstico; do escritório de advocacia ‘Mendonça & Crisanto’; do escritório ‘Eduardo Nóbrega & Mariana Silveira Arquitetura e Interiores’; da Associação dos Docentes da UFPB (Aduf-PB); da Cooperativa de Créditos – Sicredi-Creduni; do grupo Nord Hotéis; da Empresa Energisa; e do Engenho Nobre.

Mais informações com Mônica Nóbrega, pelo (83) 99382-7772.

Diário da Paraíba

Contato com a Redação: empauta2010@gmail.com

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário