No Banner to display

Foto do Google Earth desvenda morte ocorrida há 22 anos, na Flórida

Os restos mortais de um homem desaparecido há mais de duas décadas, nos Estados Unidos, foram encontrados dentro de um carro submerso em um lago graças ao Google Earth. William Moldt foi dado como desaparecido em Lantana, na Flórida, em 7 de novembro de 1997.

Em 28 de agosto deste ano, quase 22 anos depois, a polícia recebeu a denúncia de que havia um carro afundado em um lago em Moon Bay Circle, Wellington, na Flórida. Quando retirou o veículo da água, se deparou com restos mortais dentro. Uma semana depois, foi confirmado que se tratava de Moldt.

A delegacia do condado de Palm Beach informou na quinta-feira (12) que um ex-morador de Grand Isles estava fazendo uma pesquisa no Google Earth, nessa região, quando notou o que parecia ser um veículo no lago. Os vizinhos então utilizaram um drone e confirmaram que se tratava de um carro. Eles acionaram a polícia.

Quando a autoridade chegou, constatou que havia um carro submerso no lago e que estava bem calcificado por estar há bastante tempo na água. Ao retirar o veículo, encontraram os restos mortais dentro dele. A polícia presume que Moldt tenha perdido o controle do veículo e caído no lago.

Na noite em que desapareceu, Moldt deixou uma casa noturna às 23h, de acordo com um relatório do Sistema Nacional de Pessoas Desaparecidas e Não Identificadas. Moldt ligou para a namorada por volta das 21h30 e disse que chegaria logo em casa, mas ele nunca mais foi visto, tampouco se ouviu falar dele.

A polícia já informou à família sobre a descoberta de seus restos mortais.

Diário da Paraíba com Site Pleno News

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário