No Banner to display

Lula Livre: “O STF muda de opinião como se muda de roupa”, diz Wallber Virgolino

O deputado estadual Wallber Virgolino (Patriotas) comentou na noite desta sexta-feira (8) decisão do STF que derrubou a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância, alterando um entendimento que vinha sendo adotado desde 2016. Com a decisão, o ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deixou a prisão em Curitiba por volta das 17h40.

Para o deputado Wallber Virgolino, o Brasil mais uma vez, através do STF, entra para a história de forma negativa. “O Brasil parece que eternamente será o país do futuro, sem futuro”, ironizou o deputado. “O que aconteceu com o STF é a comprovação de que as instituições faliram, e que o crime organizado e a corrupção venceram o estado de direito”, observou.

Ainda segundo o deputado, com a soltura de Lula, o Brasil torna-se um país sem esperança. “Um país onde a impunidade venceu a esperança, onde a corrupção venceu a lei. Lula como homem mais honesto do Brasil, preferiu mudar o entendimento do STF a provar sua inocência”, afirmou o deputado. “É grave, muito grave! Um STF que muda de opinião como se muda de roupa, não existe segurança jurídica mais no país”, lamentou.

Wallber Virgolino criticou a comemoração do “Lula Livre” feita pelo governador da Paraíba João Azevedo, que nas redes sociais postou que “a justiça tardou, mas chegou”. “Espero que a justiça que tardou na Paraíba chegue a gestores inescrupulosos, organizações criminosas, e que gestões ilegítimas sejam responsabilizadas e paguem pelo que fizeram”, disse o deputado.

Paraiba Radio Blog

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário