Polícia Federal deflagra operação contra fraudes na Previdência Social na Paraíba

A Polícia Federal na Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários deflagrou na manhã desta terça-feira (07) a Operação Apate, com o objetivo de investir crime de falsidade ideológica para obter o Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS).

De acordo com a investigação, estariam sendo realizados delitos de falsificação de documentos particulares e inserção de dados falsos em sistemas governamentais para obtenção do BPC/LOAS, em detrimento do INSS. A conduta é qualificada como estelionato qualificado e inserção de dados falsos em sistemas de informações, sem prejuízo de outros delitos evidenciados com o decorrer do inquérito.

Participam da Operação policiais federais e servidores da Força-Tarefa Previdenciária e Trabalhista, do Ministério da Economia, com cumprimento de mandado de busca expedido pela Justiça Federal da Paraíba.

Nome da operação

Segundo a mitologia grega, o nome da operação faz referência a um espírito que personificava o engano, o dolo e a fraude.


No Banner to display