“Preso recebe tornozeleira eletrônica, atravessa a rua, invade casa, rouba e mata idosa”

Um homem de 25 anos não precisou caminhar mais de 50 metros antes de cometer o primeiro crime após colocar tornozeleira eletrônica e ganhar liberdade provisória, o caso aconteceu em Curitiba.

A policia prendeu o suspeito circulando próximo da residência onde foi encontrado o corpo de uma senhora de 72 anos, cadeirante e sem filhos, com sinais de estrangulamento, em frente à Vara de Execuções Penais.”

A cuidador da vitima encontrou o corpo, das 9h, que foi estrangulada com um moletom que pertencia a outra pessoa. A família notou a falta da TV, do celular e de joias da vítima.

Ao verificar o sistema de monitoramento de tornozeleiras a PM constatou que o suspeito esteve na casa da idosa. Ele teria entrado no local por volta de 8h, permanecendo ali por 20 minutos. Pouco antes, ele tinha saído da prisão e passou por uma audiência na Vara de Execuções Penais que fica em frente à casa da idosa, para colocar a tornozeleira. O rapaz tem passagens pela polícia por crimes contra o patrimônio, entre eles, roubo.

180 Graus

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário