Pronta para voltar a encarar a disputa pela PMCG, Tatiana Medeiros avisa: “O meu nome foi unanimidade, foi consenso no MDB”

Apesar de nunca ter vencido uma eleição, a médica Tatiana Medeiros que disputou a prefeitura de Campina Grande em 2012 e perdeu, e também disputou uma vaga de deputada federal em 2018 e novamente saiu derrotada, vai novamente encarar as urnas da Rainha da Borborema. Nesta segunda-feira (06) a médica confirmou que teve o nome ovacionado pela executiva do partido na cidade, e decidiu encarar o desafio.

A médica contou que estava convencida a não postular mais nenhum cargo público, seja eletivo ou não, todavia teve o nome ovacionado à unanimidade pela executiva municipal do seu partido, e resolveu encarar outra vez o desafio.

“Na última semana realizamos uma reunião virtual do diretório municipal e o meu nome foi unanimidade, foi consenso para essa disputa, mesmo eu já tendo decidido não mais participar de nenhuma disputa política, de não mais ocupar nenhum cargo de gestão pública da saúde em Campina ou no Estado. Por opção eu já tinha decidido continuar vivendo a minha vida no anonimato, sendo médica como sou há quase 30 anos como operária da saúde, que vive da produção do seu trabalho. Durante essa pandemia não deixei de trabalhar um único dia”, ressaltou.

A emedebista ressaltou que desde o ano passado o senador Maranhão já vinha dando sinais de que Campina Grande não poderia ficar de fora do embate eleitoral majoritário, sobretudo por ser uma cidade de extrema importância não apenas no contexto local, mas também no contexto regional.

“Acerca da pré-candidatura do MDB em Campina Grande, desde 2019 que o senador Maranhão vem trabalhando na perspectiva de candidatura própria nas principais cidades da Paraíba e Campina Grande não poderia ficar de fora. Logicamente, Campina é uma cidade de extrema importância no contexto econômico e no contexto político do nosso Estado e por que não me reportar ao Nordeste como um todo”, emendou.

Blog do Ninja


No Banner to display