Sikera se revolta após ter título de Cidadão negado e ataca deputados paraibanos

Após ter o título de Cidadão paraibano negado, o comunicador José Siqueira Barros Júnior, conhecido como Sikêra Júnior, que trabalhou durante dois anos em João Pessoa como âncora de um programa policial no Sistema Arapuã de Comunicação se revoltou e fez um desabafo em seu  atual programa no Alerta Manaus, neste sábado (16). O vídeo que já possui mais de 66 mil visualizações virou febre nas redes sociais.

Ao dizer que jamais pediu o reconhecimento a ninguém, o comunicador relembrou o período polêmico que passou quando atuou na Paraíba, após ter sido processado por ter feito críticas a uma mulher que atua como rapper na Capital. Com a pressão que o caso gerou, o apresentador logo pediu demissão.

Revoltado sobre o resultado da votação, em que apenas dois deputados de direita votaram a favor dele, Sikêra disse que: “Estela Bezerra tem que lavar a boca para falar meu nome”, entre outros termos envolvendo outros políticos locais. Ele criticou os parlamentares de esquerda, “bando de maconheiros e vagabundos”.

O presentador ganhou notoriedade como apresentador em programas policiais, tendo atuado em Alagoas e na Paraíba. Ele também chegou a obter destaque com memes na Internet em 2016, quando viralizou um vídeo em que ele fala sobre maconheiros. Desde então, ele foi entrevistado no programa The Noite, no SBT, com Danilo Gentili, e convidado para atuar na comédia “Exterminadores do além contra a loira do banheiro”, em 2018.

ASSISTA DESABAFO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por C A B U L O S O (@cabulosopb) em

Clickpb

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário