No Banner to display

Vasco faz bom jogo, supera CSA com tranquilidade e volta a sonhar com a Libertadores

Após quatro rodadas sem vencer no Brasileirão, o Vasco reencontrou o caminho das vitórias ao bater o CSA por 3 a 0, no Rei Pelé, em Maceió, Alagoas. A equipe de Luxemburgo soube se defender e foi letal quando subiu ao ataque para garantir os três pontos e voltar a sonhar com vaga na Libertadores. Raul e Oswaldo Henriquez marcaram para o Gigante da Colina.

Com o resultado, o Vasco chegou aos 42 pontos na tabela do Brasileiro e deu um passo importante dentro da competição. O Cruz-maltino volta aos gramados na próxima quarta-feira (13), contra o Flamengo, às 21h30, no Maracanã. O jogo será válido pela 34º rodada e teve sua data remarcada devido a final da Libertadores.

O CSA começou a partida propondo o jogo e assustou o Vasco com menos de um minuto. Após um cruzamento na área, Apodi testou forte para fora levando perigo ao gol de Fernando Miguel. O Cruz-maltino respondeu com Felipe Ferreira, de falta. Aos 7 minutos, o meia bateu falta com categoria, mas João Carlos voou no ângulo para buscar e salvar o CSA. O início de jogo era frenético. Aos 9 minutos, em mais uma chegada do time da casa, Ricardo Bueno deu ótimo passe para Euller, que fez o corte e finalizou para boa defesa de Fernando Miguel.

Golaço de Raul!

O Vasco assustava nos contra-ataques, mas os atacantes Ribamar e Rossi não estavam aproveitando as oportunidades. Foi aí que apareceu Raul. Aos 25, o meio-campo recebeu na direita, passou por João Vitor, invadiu a área, aplicou uma caneta em Luciano Castán e colocou na saída do goleiro para marcar um golaço.

O Cruz-maltino voltou melhor para a segunda etapa e estava mais organizado em campo. Luxemburgo colocou Fredy Guarín no lugar de Felipe Ferreira e melhorou o time. Aos 20 minutos, o Vasco pressionou para ampliar o placar. Em uma sequência de três escanteios seguidos, Danilo Barcelos cobrou o terceiro no meio da área e Oswaldo Henríquez subiu mais que todo mundo e testou firme para o gol.

O Vasco administrava bem a partida e marcava bem o adversário, que pouco assustava. Em um contra-ataque rápido, Rossi cruzou fechado, Raul ajeitou para o meio, e Carlinhos, lateral-esquerdo do CSA, empurrou para o próprio gol ao tentar o corte. O Azulão ainda tentou diminuir o prejuízo, mas a equipe de Luxemburgo estava muito bem defensivamente e garantiu os três pontos fora de casa.

Diário da Paraíba com Portal Terra

Contato com a Redação: empauta2010@gmail.com

Compartilhe:

No Banner to display


Deixe o seu comentário